Home / Segurança Elétrica / Segurança elétrica do imóvel: como checar antes de fechar negócio

Segurança elétrica do imóvel: como checar antes de fechar negócio

Alugar ou comprar um imóvel nem sempre é uma tarefa fácil. Seja para morar ou para escolher o ambiente de trabalho ideal, é necessário cumprir várias etapas até a assinatura do contrato e a entrega das chaves. O espaço precisa estar de acordo com as suas necessidades e com o valor que você tem em seu orçamento. Além de outros fatores como localização e a estrutura geral do imóvel, é bem importante garantir que a segurança elétrica esteja em dia antes de fechar o aluguel ou a compra.

segurança elétrica do imóvel

O tempo de permanência dentro do imóvel, tanto ao longo do dia como o tempo de contrato, pode ser alto. Por isso, você não pode deixar passar possíveis riscos antes mesmo de fechar o negócio. A sua segurança e das pessoas ao seu redor dependem da atenção que você vai dar durante a vistoria. Esse cuidado vai evitar também que você tenha gastos desnecessários ou despesas extras no futuro.

Nós sabemos que são muitos detalhes a serem observados durante esse processo, então separamos algumas dicas de como identificar potenciais riscos na instalação elétrica. Confira a seguir!

8 dicas de como garantir a segurança elétrica de um imóvel

– Faça uma vistoria rigorosa

Esse é o passo mais básico e simples para tentar identificar possíveis problemas na instalação. Fique atento e questione tudo o que achar suspeito. Fios expostos, tomadas inadequadas ou dispostas incorretamente, disjuntores ultrapassados, gambiarras, e por aí vai. Mas como a maior parte da instalação elétrica fica “escondida”, nem sempre os problemas estarão visíveis. Por isso, se achar necessário, principalmente se o imóvel for mais antigo, conte com a ajuda de um profissional eletricista para auxiliar nessa vistoria.

– Procure saber quando foi feita a última manutenção

Esse lembrete vale principalmente para o caso de imóveis mais antigos, pois eles não foram planejados para alimentar os aparelhos elétricos de hoje, que precisam de muito mais energia. O mais recomendado é revisar a instalação elétrica a cada 5 anos, através de uma inspeção e manutenção preventiva. Procure saber também o histórico de reformas e pequenos ajustes que foram necessários fazer na instalação. O acúmulo de pequenos reparos pode prejudicar a segurança elétrica do imóvel e  resultar em gastos maiores e inesperados para o seu bolso.

Leia também – Reforma elétrica: 8 sinais de que a hora chegou!

– Tenha atenção com as tomadas

As tomadas são as responsáveis por conectar os aparelhos que usamos com a instalação elétrica. Se queremos que tudo funcione normalmente, é importante ter alguns cuidados. Fique atento se elas são padronizadas, se estão instaladas e encaixadas corretamente e se são compatíveis com os equipamentos de cada cômodo. Na cozinha, por exemplo, é adequado ter tomadas de 20 ampères para aparelhos com mais intensidade.

Verifique também se a disposição e a quantidade das tomadas atendem às suas necessidades. O mais comum é ter uma tomada a cada 8 metros, mas para um escritório, por exemplo, essa distância pode ser menor. Garantindo a quantidade ideal de tomadas você pode evitar sobrecargas e possíveis curto-circuitos, além de evitar futuras reformas e modificações. Para proteger seus equipamentos e a instalação, não esqueça também de confirmar a voltagem (110V ou 220V), para que não sejam ligados aparelhos incompatíveis.

Leia também – Curto-circuito: quando acontece, o que fazer e como evitar

– Questione os fios expostos

Fios expostos, em má conversação ou já desencapados são indícios de que a fiação não é tão segura e precisa passar por uma reforma. Se estiverem amassados ou em estado de corrosão é ainda pior. Fique atento e questione o responsável pelo aluguel ou a venda do imóvel. Uma boa fiação é uma das prioridades para manter a segurança elétrica em dia. Cabe a você decidir se vale a pena o investimento em uma reforma elétrica ou se é possível negociar essa despesa com o proprietário, imobiliária ou construtora.

Não esqueça do extintor de incêndio e saídas de emergência

Se o imóvel que você está procurando estiver localizado em um prédio ou condomínio, é importante estar atento com alguns fatores das áreas comuns. Elas também precisam fornecer a segurança elétrica necessária. Extintores de incêndio instalados nos locais recomendados e saídas de emergência bem sinalizadas são essenciais. As luminárias de emergência também são indispensáveis para esses tipos de construções. A dica sobre a vistoria vale também para os espaços comuns e externos!

Leia também – Luz de emergência: como funciona?

Procure imaginar como ficará o espaço

Ao visitar uma propriedade, é bem provável que você imagine como será a disposição das mesas de trabalho ou dos cômodos, seja para qual for o uso do imóvel, certo? Procure visualizar, então, como o espaço será organizado e se a instalação elétrica está de acordo com as necessidades do projeto. Imagine também como serão as passagens, ou seja, se existe a possibilidade dos equipamentos elétricos ficarem muito próximos uns dos outros – o que pode ocasionar superaquecimento e até mesmo sobrecarga de energia – ou das pessoas tropeçaram em fios e cabos. São riscos ergonômicos que podem ser evitados se os espaços de passagem forem bem planejados. Detalhes que certamente contribuem para garantir a segurança elétrica do imóvel.

– Confira os materiais usados

Se você está optando pelo aluguel ou compra de um imóvel que já está concluído ou já foi utilizado por outras pessoas, procure se certificar da qualidade dos materiais que foram utilizados. Instalação elétrica é um assunto sério e trabalhar com materiais elétricos de qualidade precisa ser uma prioridade. Você pode conferir quais marcas foram utilizadas e pesquisar sobre as referências. Alguns materiais que estão expostos podem ser mais fáceis de serem identificados.

Atenção para o disjuntor instalado. Essa é uma das partes mais técnicas do sistema elétrico e também mais importantes, uma vez que sua função é proteger a instalação elétrica e equipamentos. Se você não tem o conhecimento necessário, peça a ajuda de um profissional. Procure reparar também nos quadros de força ou de distribuição. Eles não podem ser de madeira ou de qualquer outro material inflamável que pode colocar em risco a segurança elétrica do imóvel em caso de curto circuito em seu interior.

Conheça seus direitos e responsabilidades

Alugar ou comprar imóveis com problemas que não foram percebidos no começo da negociação pode ser bem frustrante. Por isso a fase de vistoria é tão importante, assim como conhecer os seus direitos e deveres com o imóvel. Seja uma negociação direta com o proprietário, com a imobiliária ou com a construtora, procure deixar tudo bem esclarecido antes de bater o martelo!

A vistoria é normalmente feita pela imobiliária e as condições do imóvel devem constar no contrato. Assim que mudar, caso você perceba algum problema, fotografe e encaminhe para a imobiliária ou proprietário para que o problema seja resolvido ou você reembolsado pelo conserto. Principalmente no caso de aluguel, em que no futuro você pode devolver o imóvel, mas não vai querer arcar com despesas que não foram de sua responsabilidade.

segurança elétrica

– Conte com a ajuda de profissionais

Caso você feche negócio, a manutenção do imóvel também é responsabilidade sua. Para isso, conte com profissionais durante esse processo. Seja para a manutenção ou reformas, é a melhor maneira de garantir um bom trabalho e a segurança elétrico do imóvel. Você também irá precisar de um fornecedor de materiais elétricos de confiança!

Para ajudar você nessa missão, a Decorwatts está no mercado de distribuição de materiais elétricos desde 2002. Trabalhamos com uma ampla gama de produtos e temos como grande diferencial o atendimento personalizado a cada cliente. Nosso time de atendimento está disponível para receber a sua ligação ou o seu pedido de cotação em nosso formulário online.

  • Fios e Cabos
  • Iluminação e Lâmpadas
  • Proteção e Segurança
  • Tomadas e Interruptores
  • Tubos e Conexões
  • Caixas e Quadros
  • Ferramentas e Ferragens

segurança elétrica

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Leia também

choques elétricos

14 maneiras de prevenir choques elétricos em casa ou no trabalho

Choques elétricos são acidentes que podem ser facilmente evitados e que muitas vezes dependem apenas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *