Home / Sobre Lâmpadas / 10 dicas para acertar na iluminação residencial

10 dicas para acertar na iluminação residencial

Um bom projeto de iluminação residencial pode ajudar não só na decoração dos cômodos, como influenciar no bem-estar dos moradores e até mesmo na conta de luz no final do mês. Algumas dicas básicas podem fazer toda diferença, principalmente se você ainda está na fase de planejamento do projeto.

Ainda que você tenha contratado um profissional para elaborar o projeto de iluminação ou para fazer algumas melhorias no que já está instalado, é importante que você tenha conhecimento sobre o assunto para poder embasar melhor suas opiniões e pedidos.

Leia também – Projeto de iluminação: por que é importante personalizá-lo

Lembre-se que o ideal é que a iluminação residencial tenha o seu estilo, seja funcional e que tudo fique como você imagina. Reformas podem ser caras e frustrantes, por isso, procure ter uma comunicação clara com quem vai cuidar do projeto de iluminação da sua casa ou apartamento. As dicas e conceitos que você vai encontrar a seguir vão contribuir para que você alcance esses objetivos e tenha uma iluminação agradável em todos os cômodos.

iluminação residencial

10 dicas para iluminação residencial

  • Avalie os espaços

Um dos primeiros passos de um projeto de iluminação residencial é a avaliação do ambiente. O ideal é avaliar cada cômodo e entender as necessidades do espaço. A iluminação para cozinha é bem diferente da iluminação para banheiro, por exemplo. Também é  importante levar em consideração o estilo do cômodo e a decoração, para que tudo fique coerente e visualmente interessante.

iluminação residencial

Já se você ainda está na fase de construção, é essencial que o projeto de iluminação seja compatível com o projeto elétrico. O ideal é que o projeto de iluminação seja definido primeiro, assim o projetista elétrico tem mais informações e detalhes para seguir com o planejamento da instalação elétrica.

  • Procure equilibrar a iluminação artificial com a natural

Esse equilíbrio, sempre que possível, não é importante apenas para a economia de energia elétrica. Você sabia que a iluminação natural pode oferecer vários efeitos positivos para o nosso metabolismo, podendo melhorar estados de humor e até mesmo a qualidade do sono durante a noite? Além disso, a sua casa vai ficar mais arejada e com uma iluminação harmônica.

iluminação residencial

  • Conheça os tipos de lâmpadas

O mercado de iluminação é muito amplo. Toda essa  variedade de produtos pode causar confusão no momento de escolher as lâmpadas para a iluminação residencial. Procure conhecer bem os tipos de lâmpadas e quais são as vantagens e funcionalidades de cada modelo. Ficará mais fácil escolher o mais adequado para cada cômodo.

Leia também – Tipos de lâmpadas: como escolher a melhor opção?

  • Escolha uma iluminação econômica

Ainda que seja possível encontrar vários tipos de iluminação, as lâmpadas de LED são preferência de muitos compradores e profissionais do ramo. Além de versáteis, são o modelo mais econômico e de maior durabilidade. Ao fazer essa escolha você vai conseguir economizar energia e ter uma casa mais sustentável. Outros artigos elétricos podem ajudar você a ter uma iluminação residencial mais econômica, como os dimmers que controlam a intensidade da iluminação.

Atenção: escolher uma iluminação econômica não significa optar sempre pelos materiais mais baratos. Economizar com produtos de qualidade duvidosa pode ser um grande erro. Eles podem não ter o efeito desejado ou ter um tempo de vida útil inferior. Se você não tem essa experiência de compra ainda, procure por uma fornecedora de materiais elétricos de confiança e avalie comentários e reclamações de outros consumidores.

  • Tenha atenção com a temperatura da lâmpada

Ainda sobre a escolha das lâmpadas mais adequadas para a iluminação residencial, não esqueça de avaliar a temperatura da lâmpada. Estamos falando sobre a tonalidade da iluminação. Já percebeu como o tom mais amarelado da lâmpada pode dar uma sensação de conforto em determinado ambiente? E como uma iluminação mais branca pode nos deixar mais atentos? Para medir essa temperatura, é utilizada a escala Kelvin, em que são apresentados diferentes comprimentos de onda de luz. Já escrevemos aqui no blog sobre esse assunto e você vai encontrar várias dicas para fazer a melhor escolha.

Leia também – Temperatura da lâmpada: como escolher?

De modo geral, você precisa saber que:

iluminação residencial

Fonte: Phillips Brasil

  • Saiba o que é melhor para cada ambiente

Já deu para perceber como é importante avaliar as necessidades e o estilo de cada cômodo para acertar na iluminação residencial, né? Cada cômodo possui suas particularidades e estilo de decoração. Ainda que as dicas gerais funcionem, é importante ter atenção aos detalhes. Avalie as dicas anteriores e escolha o que é mais indicado para cada situação.

iluminação residencial

Em relação à temperatura da lâmpada, é importante saber:

– Quartos e sala para assistir TV são ambientes que combinam mais com uma iluminação quente.

– Escritório, cozinha, área de serviço, banheiro e closet são ambientes que combinam mais com uma iluminação fria.

Leia também – 8 dicas e inspirações para acertar na iluminação externa

  • Evite pontos de reflexão

Quando a luz bate em alguma superfície reflexiva e vai direto para os nossos olhos, é o que chamamos de ofuscamento. Isso pode incomodar e atrapalhar a nossa visão. O ideal é evitar pontos de luz intensa perto desses materiais, como espelho, mesa de vidro, televisão e monitores.

  • Considere utilizar iluminação indireta

É comum que a iluminação geral de um ambiente tenha mais atenção, afinal ela ilumina todo o espaço e garante o conforto visual. No entanto, vale a pena considerar o uso da iluminação indireta também. Ela é muito utilizada como elemento decorativo, destacando elementos específicos, e também contribui para o conforto visual da iluminação residencial. Arandelas, abajures, fitas de LED, spots e luminárias são exemplos de elementos de iluminação indireta. Esses detalhes podem deixar sua casa ainda mais aconchegante!

iluminação residencial

iluminação residencial

  • Escolha luminárias adequadas

Assim como existem diversos tipos de lâmpadas, os modelos de luminárias não deixam a desejar. Tem para todos os gostos e bolsos! Alguns modelos são mais básicos e essenciais para qualquer iluminação residencial, enquanto outros são mais despojados ou elegantes. Pesquise bem sobre o tipo de luminária mais adequada para cada cômodo e quando optar por um modelo diferente, escolha algo que combine com a proposta da sua casa.

iluminação residencial

Leia também – Tipos de luminárias: conheça os principais modelos e tendências

  • Conte com a ajuda de profissionais

Ninguém melhor do que você para saber suas preferências de estilo e decoração. Ainda assim, a ajuda de profissionais, como arquitetos e projetistas elétricos, faz toda a diferença. Além do domínio técnico, eles têm experiência no assunto e podem trabalhar em um projeto de iluminação personalizado que atenda todas as suas expectativas.

Gostou das nossas dicas de iluminação residencial? Se você será o responsável pelas compras dos materiais, é importante saber mais sobre esses detalhes para ter mais segurança no momento da compra e também durante a construção ou reforma.

Não se esqueça que a qualidade dos materiais é um critério importante para o seu projeto. Para isso, conte com a Decorwatts. Nós estamos no mercado de materiais elétricos desde 2002 e conseguimos atender os mais diferentes tipos de projeto. Temos também uma equipe especializada para dar o suporte necessário no momento da compra. Você pode conferir os produtos disponíveis na loja online ou solicitar o seu orçamento pelo formulário online. Não deixe de conferir também a categoria de iluminação em nosso site.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Leia também

iluminação para banheiro

Iluminação para banheiro: 8 dicas e ideias para colocar em prática

O banheiro pode ser um cômodo facilmente subestimado. Nem sempre é prioridade na decoração de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *