Home / Sobre Lâmpadas / 8 dicas e inspirações para acertar na iluminação externa

8 dicas e inspirações para acertar na iluminação externa

Quando o assunto é iluminação de ambientes internos não faltam necessidades funcionais e decorativas, não é mesmo? Lâmpada na cabeceira da cama para ajudar na leitura antes de dormir, um dimmer para controlar a intensidade da iluminação, uma luminária pendente na sala de jantar, e por aí vai. Com tantas opções, fica fácil esquecer ou não dar o devido valor para a iluminação externa. Não é todo mundo que tem a chance de personalizá-la, mas até quem mora em apartamento com sacada pode pensar em alternativas mais criativas.

Uma iluminação externa adequada, além de funcional, pode contribuir para a decoração do espaço e também na segurança do imóvel. Seja em ambientes residenciais, condomínios, prédios, escritórios ou restaurantes, é possível deixar a iluminação mais interessante. Separamos algumas dicas e inspirações para você acertar no seu projeto!

iluminação externa

8 dicas para acertar na iluminação externa

Identifique seu estilo

Assim como na decoração interna, o mais adequado é que o projeto combine com o seu estilo e perfil, para evitar futuras frustrações. Jardim, espaço gourmet e piscina são exemplos de ambientes que podem carregar a sua identidade. Trabalhar no “tom” da decoração vai ajudar para que a iluminação externa seja de bom gosto e coerente com as suas necessidades e estilo. Fica mais fácil também encontrar as lâmpadas, luminárias e outros materiais elétricos que o seu projeto vai precisar.

Conheça os tipos de lâmpadas

O mercado de iluminação é bem amplo, por isso nem sempre é fácil acertar qual o modelo mais adequado para o projeto. Conhecer os principais tipos de lâmpadas e suas funcionalidades é importante para escolher a melhor opção para as necessidades do seu projeto de iluminação externa. Temos um guia sobre esse assunto aqui no blog:

Tipos de lâmpadas: como escolher a melhor opção?

Saber sobre a temperatura das lâmpadas também ajuda no momento da compra. É a temperatura que pode influenciar nas sensações que um ambiente pode passar com a iluminação. Resumindo: as lâmpadas com tonalidade mais quente são relaxantes e aconchegantes, enquanto as mais frias são energizantes. Um jardim, por exemplo, merece uma iluminação mais amarelada, deixando o ambiente mais elegante. Já na garagem, um ambiente que exige atenção, lâmpadas brancas são mais eficientes. Também já falamos sobre isso por aqui:

Temperatura da lâmpada: como escolher

iluminação externa

Pense no aconchego e na segurança

A iluminação não contribui apenas para a decoração de um ambiente. Ela consegue deixar o espaço mais aconchegante também. Algumas áreas mais descontraídas, como jardim, piscina, ou churrasqueira, podem ficar mais acolhedoras dependendo da maneira que você vai posicionar a iluminação. Falaremos sobre isso no tópico seguinte!

Outra função bem importante é a segurança. Espaços mais iluminados tendem a passar a sensação de um ambiente mais seguro. Além disso, corredores, garagem e escadas são exemplos de áreas que merecem uma iluminação estratégica para evitar acidentes. Avalie bem a área externa durante a noite para decidir quais espaços devem ser mais iluminados.

Saiba qual o melhor posicionamento da iluminação

Definir o posicionamento da iluminação significa escolher quais pontos da área externa pedem a presença de luz e qual a intensidade. Ou seja, a posição da fonte de luz vai depender muito do ambiente que você possui, mas algumas dicas gerais podem ajudar a acertar na iluminação externa. É importante lembrar que nossos olhos precisam de menos luminosidade em locais abertos, por isso, foque nos pontos que apresentam a necessidade de serem iluminados. Corredores, trilhas, entrada, garagem, degraus, deck, jardim e a piscina são alguns exemplos que merecem sua atenção.

Corredores e trajetos precisam ser iluminados de maneira acolhedora e segura. Além de decorar, essa iluminação ajuda as pessoas a se orientarem. Em decks e jardins, pontos de iluminação mais direcionada ajudam a deixar o ambiente mais bonito e charmoso. A iluminação pode até ser instalada no chão, voltada para cima, contribuindo para iluminar o restante do ambiente indiretamente.

Dependendo do tamanho do espaço que você tiver, refletores podem ser boas opções para garantir uma área maior de iluminação. Para as piscinas, você pode iluminar tanto o entorno – importante para sinalizar o local durante a noite – como o interior da piscina. O efeito decorativo é excelente! Água e eletricidade não combinam, por isso, é recomendado que você contrate um profissional eletricista para fazer essa instalação.

iluminação externa

iluminação externa

iluminação externa

Escolha acessórios adequados para área externa

Como falamos anteriormente, o mercado de iluminação é grande. Assim, quando for encontrar os materiais e acessórios para a iluminação externa, dê preferência para os produtos desenvolvidos para essa finalidade.

Os acessórios precisam ser mais resistentes, uma vez que estão expostos à chuva, luz do sol, ventos fortes e umidade. Até mesmo maresia, em casos de imóveis no litoral. Além de ter uma vida útil maior, peças para áreas externas possuem até um design mais interessante para esses ambientes.

Arandelas, tartarugas, refletores, pendentes, sensores (boa solução para corredores e garagem, por exemplo, que também contribui para a economia de energia), spots, fitas de LED e luminárias são alguns acessórios que podem estar em sua lista.

iluminação externa

Considere outros elementos do espaço

Para compor a iluminação com a decoração, é preciso ter atenção com outros elementos do ambiente, para que tudo combine da melhor forma. Observe seu jardim, a mobília, o piso, as janelas, enfim, tudo que possa contribuir para deixar a iluminação externa mais funcional e coerente. São detalhes que podem fazer a diferença!

Evite exageros

Em muitos casos, menos é mais. É interessante que a iluminação externa fique em harmonia com o restante do imóvel. Muita iluminação, diversos acessórios e cores diferentes podem sobrecarregar o seu projeto e até chamar atenção demais (se a sua intenção é deixar o ambiente iluminado e seguro, exagerar pode fazer justamente o contrário, né?).

Conte com o trabalho de profissionais

É muito bom quando colocamos em prática ideias e inspirações. Mas às vezes é preciso contar com o suporte de profissionais. Seja durante o planejamento do projeto, seja para cuidar da instalação elétrica. É importante assumir nossas limitações e contratar serviços que só tendem a contribuir para uma boa iluminação. Lembre-se também de ter um fornecedor de materiais elétricos de confiança. Você vai precisar de produtos de qualidade para que tudo funcione bem e em longo prazo.

A Decorwatts está no mercado de distribuição de materiais elétricos desde 2002 e pode ser a parceira ideal para o seu projeto de iluminação externa. Você terá o suporte de uma equipe especializada e um amplo catálogo de produtos.

Fotos: 234567

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Leia também

tipos de lâmpadas LED

Tipos de lâmpadas LED: um guia prático

Se você chegou até aqui, provavelmente está considerando ou já decidiu instalar lâmpadas LED em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *